09
Dez 08

As máscaras estão sempre lá. Todas elas.

Visíveis, em dias mais iluminados.

Palpáveis, quando o sono é claro.

São tremendas, as máscaras.

Porque a percepção da máscara é a realização da carne crua.

Ou, pelo menos, a revelação da existência da próxima camada.

{Para a Mary, num dia cru.}

publicado por T. às 18:56

Haverá sempre Paris
pisl
De Olhos Bem Abertos:
online
Prescrição para Laboratório
Tudo o que resta
tit
Em Espera
jcm cd
Insultos & Elogios para:
deolhosbemfechados@sapo.pt
No armário
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


DeOlhosBemFechados

Ver de perfil

4 seguidores

Procurar
 
Vale a pena abrir bem os olhos
blogs SAPO