19
Nov 08

Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença. Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco: quer-se absorver a outra pessoa toda. Essa vontade de um ser o outro para uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida.

Clarice Lispector

Sue: se precisar de uma daquelas consultas telefónicas de psicanálise, já sabes...

Vou ter de te ligar, fora de horas (como sempre).

May i?

·

Numa palavra: torrencial.

publicado por T. às 18:04

comentário:
Um dia, hei-de cursar Psicologia... ou pelo menos frequento um semestre - como se de um tira-teimas se tratasse...
Depois se veria... se continuaria ou não! :P

Jinhus gandes!

PS - Fico aguardando... ;)
may a 19 de Novembro de 2008 às 18:33

Haverá sempre Paris
pisl
De Olhos Bem Abertos:
online
Prescrição para Laboratório
Tudo o que resta
tit
Em Espera
jcm cd
Insultos & Elogios para:
deolhosbemfechados@sapo.pt
No armário
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


DeOlhosBemFechados

Ver de perfil

4 seguidores

Procurar
 
Vale a pena abrir bem os olhos
blogs SAPO