18
Nov 08

Passei os últimos dias em São Paulo. É sempre um prazer aterrar nesse planeta, especialmente quando há filmes que prometem. Infelizmente, promessas são promessas e os resultados são mistos. Há coisa boa, coisa média e coisa má em exibição. Por onde começar?

Pelo pior. E o pior é Fernando Meirelles. Lamento. "Blindness/Ensaio sobre a cegueira" não convence. Pecado original. O livro de Saramago pretendia ser uma alegoria distópica sobre uma sociedade "cega" por sua intrínseca desumanidade "capitalista". Li o livro com enfado, sentindo um abismo épico entre mim e a narrativa. O problema, o recorrente problema de Saramago, é o seu tom didático e grandiloquente. Comigo, não. Fiz a minha catequese na idade certa. Comunhão solene, idem. Não preciso de um monge comunista para me ensinar que o capitalismo pode levar à cegueira. Diziam o mesmo da masturbação. Nunca ceguei.

JPC na Folha de SP, a propósito de Blindness. Ler mais aqui.

publicado por T. às 14:11

Haverá sempre Paris
pisl
Tudo o que resta
tit
Em Espera
jcm cd
Insultos & Elogios para:
deolhosbemfechados@sapo.pt
No armário
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


DeOlhosBemFechados

Ver de perfil

4 seguidores

Procurar
 
Vale a pena abrir bem os olhos
blogs SAPO